Blog

1º Lote está acabando!

Dia 10 de outubro encerra-se o prazo para inscrições no lote de de R$250,00

Esse valor é uma forma de viabilizar os preparativos iniciais da convenção e sobretudo favorecer quem se programa com antecedência.

Este lote é muito importante durante um processo de pré-produção, sem falar que com esse valor, você irá garantir acesso integral à todas as atividades da CBMCIRCO, camping, café da manhã, certificado e muitas outras surpresas nessa convenção que promete inovar. Você não vai ficar fora dessa, né.

Então, não dorme no ponto e faça já sua inscrição.

Você também pode colaborar compartilhando esta mensagem e nos seguindo nas redes. Vem com a gente.

INFORMAÇÕES PARA DEPÓSITO:

Depósito identificado (com CPF ou num de doc) ou transferencia para Banco Bradesco (237)

Ag.: 1791-4     C.C.: 39855-1

Titular: Nw e Ronio equipamentos circenses ltda.

CNPJ: 09.044.719/0001-07

Para concluir a inscrição, após o depósito bancário, o participante deverá completar o FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

A Inscrição dá direito a participar de toda a programação da 19ª CbmCirco:

  • Todas as Oficinas (programe-se para aproveitar as atividades)
  • Todos os Espetáculos: Cabarés, Noite de Gala, Renegados, etc
  • Cortejo Circense
  • Festas e comemorações
  • Camping com segurança todos os dias da convenção
  • Vestiários exclusivos para convencionistas
  • Eco copo da 19ª CbmCirco e café da manhã de terça a domingo

Comidas e bebidas poderão ser adquiridas no bar e na lanchonete da Convenção a preços justos. Ajude o comércio interno, é de suma importância para a organização.

Há também muito comércio e vendas nas redondezas do Parque da Cidade.

É proibida a entrada com bebidas alcoólicas.

CONDIÇÕES PARA MENORES DE IDADE

  • Só poderão participar acompanhados de seus pais ou responsáveis mediante autorização registrada.  AUTORIZAÇÃO PARA MENORES
  • Menores de 5 anos não pagam
  • Menores de até 14 anos de idade paga meia do lote vigente

 

after this, please send an email to  inscricao19cbmcirco@gmail.comincluding your complete name and your passport/ID number.

Después, por favor envianos un correo electrónico a inscricao19cbmcirco@gmail.com
con tus datos: nombre completo y número de pasaporte o identidad.

 

 

Anúncios

Mesas Redondas na CBMC – A produção acadêmica circense, o registro e a memória das convenções

Texto de Marco Guerra, curador das mesas e debates da 19CBMCirco.

A convenção brasileira de malabarismo e circo acontece desde o final do século XX, Em suas primeiras edições, os malabaristas e circenses se encontravam anualmente, principalmente, com o intuito de trocar experiências artísticas, com o passar dos anos alguns ajustes foram se mostrando necessários, como por exemplo um espaço para as crianças e uma programação infantil destinados aos filhos e filhas dos/as convencionistas; logo, por questão de justiça de gênero, uma programação feminina também se fez necessária, mais do que isso, a programação feminina devia ser organizada pelas próprias mulheres convencionistas.

Na última convenção paulista de malabarismo e circo, na cidade de Piracaia 2017, além da noite das mulheres, aconteceu pela primeira vez em uma convenção em território brasileiro uma noite LGBT.

Na XV convenção brasileira, na cidade de São Bernardo do Campo aconteceram as primeiras Mesas Redondas para debater a produção acadêmica acerca das contribuições das artes circenses nas sociedades as quais faz parte, foi discutido também sobre o registro e a memória das convenções que se perdem nas lembranças dos/as convencionistas ao longo dos últimos vinte anos.

Na XIX convenção brasileira, na cidade de Rio das Ostras as Mesas Redondas terão um lugar de destaque, estamos recebendo inscrições de trabalhos acadêmicos, como artigos, dissertações, teses ou mesmo experiências educativas e sociais tendo o circo como componente dialógico.

A coordenação das Mesas está a cargo do artista/educador Marco Guerra, pedagogo, mestre em educação e doutorando em psicologia da educação pela Universidade de São Paulo. Guerra pesquisa as artes híbridas em interface com a educação desde o ano 2000.

A metodologia do professor-ator, que é uma das técnicas da Pedagogia do Palhaço, deveria ser matéria obrigatória”.

As oficinas são uma parte fundamental da Convenção

Por Julia França – Equipe de coordenação de Oficinas da 19 CBMCIRCO.

“Se você vem desenvolvendo sua pesquisa de movimento, ou vem praticando arduamente uma técnica circense, vem compartilhar isso com a gente! Inscreva-se até dia 30 de setembro! clique aqui

As oficinas são uma parte fundamental da Convenção, pois consistem na troca mais efetiva de um encontro. Quem oferece uma oficina, não compartilha apenas uma técnica, mas uma forma de praticá-la. Quem participa, se abre para memórias, vividas muitas vezes por anos, a partir de outro corpo. Desde os princípios de movimentos, até suas formas específicas de execução, aí é onde cada corpo pode se perceber e perceber o outro em cada detalhe de movimento, em suas diferenças e afinidades, criando e afirmando suas identidades, como sujeitos e como criadores, uns inspiradxs pelxs outrxs.

As oficinas da 19 CBMC, assim, serão um momento de intercâmbio e aprendizado, juntando técnicas de malabarismo, equilibrismo, acrobacia de solo, aéreas, de grupo, oficinas para o público infantil, oficinas transdisciplinares e muito mais. Teremos oficinas de segunda à sexta, em 5 espaços concomitantes, incluindo ginásios de treinamento e lonas de circo! É um momento imperdível, tanto para praticantes de nível avançado, que pretendem aprimorar e diversificar seu vocabulário, quanto para iniciantes, que querem aprender novas técnicas e se aproximar do malabarismo e do circo.

Se você vem desenvolvendo sua pesquisa de movimento, ou vem praticando arduamente uma técnica circense, vem compartilhar isso com a gente! Inscreva-se até dia 30 de setembro!”

Julia França é CMA – Certified Movement Analyst, pelo LIMS – Laban/Bartenieff Institute of Movement Studies – NY; mestre em Estudos Contemporâneos das Artes PPGCA/UFF, pós-graduada em Sistema Laban/Bartenieff pela Escola e Faculdade Angel Vianna, onde se licenciou em Dança; e formada na Escola Nacional de Circo. Foi professora da Graduação em Dança da UFRJ – DAC/EEFD e leciona Técnica de Manipulação de Objetos no Curso Técnico da Escola e Faculdade Angel Vianna há mais de 10 anos.

unavíctimamas1

 

Noite das Mulheres: “estamos juntas, seguimos em frente, não nos calamos mais!”

Por Painé Santamaria

“A noite das mulheres… como eu enxergo o movimento?

Os varietés de mulheres passaram a ser um espaço de encontro. Durante muito tempo assistimos espetáculos com uma grande maioria, quando não totalmente, com artistas homens. Então os varietés de mulheres foram uma forma de nos unir e nos dar mas visibilidade. A medida que este movimento foi crescendo fomos encontrando muitas qualidades na dinâmica de trabalho que este tipo de espetáculos proporcionou. Acredito que o fato de ser mulher e estar em cena já é de por si uma manifestação feminina que soma ao movimento, mas também encontramos a possibilidade de propor outra energia, de nos questionar o como as relações trás de cena acontecem e propor novas formas de nos relacionar, nos encorajar, nos cuidar, nos potenciar, dividir as tarefas, celebrar o sagrado feminino e potenciar nossas vivencias como mulheres. E também fazer da cena um espaço aonde falar uma mensagem forte e clara, estamos juntas, seguimos em frente, não nos calamos mais!

Acredito que outro passo foi começar a entender o “feminino” como algo que também inclui as mulheres e começar a visibilizar todos os tipos de mulheres e feminidades em sua amplia diversidade.
Foi um grande avanço as convenções de circo acoplar estes espetáculos na programação já que alem de ser um grande encontro de artistas em geral é uma grande oportunidade de encontrar as artistas mulheres em maior volumem. É uma grande caricia na alma ser convidada a participar de esta noite na cbmc.

Alem de ser importante ter artistas mulheres formando parte de TODA a programação da convenção, porque queremos SIM compartilhar e nos encontrar em outros formatos de espetáculo para compartilhar as experiencias aprendidas, é importante ter esta noite feminina como parte de esta trilha que ainda esta muito longe do ideal, porque precisamos entender como nos integrar realmente com as mulheres de todas as etnias, com as mulheres trans e muitas outras feminidades ainda silenciadas, então continuamos em frente procurando nos aproximar num caminho que parece novo, mas e muito antigo e tem muito pela frente”

Painé Santamaria é a curadora da Noite das Mulheres.

Aguardamos sua inscrição até dia 30 de setembro. Manda seu material aqui no link do site

Galera!! Essa convenção está regada a muitas promoções!!

Pra começar, lançamos para os 50 primeiros inscritos do 1º lote um exemplar do livro “Fascínio Circense” de autoria de Cláudio Alberto dos Santos.

O livro traz os resultados e discussões dos processos de ensino aprendizagem de quatro modalidades circenses:

– Antipodismo com Tranca;
– Parada de Mãos;
– Duo Acrobático e
– Canastilha;

Bem como, de dois espetáculos circenses produzidos na Escola: Cabaré ARCHAOS e Memórias – em seus vários componentes e dimensões. E que permite conjugar áreas e aspectos que normalmente aparecem separados como presente e passado, tradição e inovação, circo e teatro, arte e técnica, história e pedagogia.
Este trabalho contou com o precioso apoio da FAPERJ, através da bolsa de pós-doutorado sênior em 2014 (PPGAC UNIRIO/ENC) e, sobretudo, do Prêmio Caixa Carequinha de Fomento ao Circo, sem o qual, seria impossível a publicação da pesquisa – em dezembro de 2016.

Tá esperando o quê? garanta sua inscrição e não esqueça de marcar seus coleguinhas pra aproveitar também.

Compartilhe esse post na sua timeline e não deixe pra se inscrever depois, são só 50.

Já seguiu a gente no instagram? @cbmcirco

primeiro_lote_(1)

Noite Latinoamericana: Energia de resistência, criatividade, integração, festa e comunhão

Cumbia. Forró. Salsa. Coco. Cavalo Marinho. A dança e a música popular da América latina atravessam oceanos para gritar resistência. Para gozar festa. Para ser celebrada. Vivida. Cantada. E para que nunca esqueçamos nossa história. Nosso lugar de resistência e luta. O Circo latino-americano avança a passos largos rumo a posicionar sua própria estética, questões, linguagens e buscas.

Desde 2016 a Convenção Brasileira de Malabarismo e Circo realiza a “Noite Latinoamericana”. Em busca de compreender e construir a conexão entre os países hermanos a noite brinda uma energia de resistência, criatividade, integração, festa e comunhão.

Este ano, fui convidado para a Noite Latina. Pra mim, o desafio é a sensibilidade para conseguir dar pelo menos um pequeno recorte dessa nossa diversidade e sobretudo, sobre a integração nos mais diferentes aspectos. “Em resumo, a nível de América latina a gente não poderia falar de outra coisa que não fosse luta marginal(izada), resistência e festa.”

A primeira noite latina na 17ª Convenção Brasileira de Malabarismo e Circo aconteceu em 2016, em Barbacena. Na época, eu estava como organizador da convenção e convidou a Brenda Corso, Leandro Suárez e Ivan Pajak para colaborarem com a organização da noite que foi i-ra-da.

Para mim o convite é um desafio muito lindo. É um dia muito especial para celebrarmos a comunhão com outras realidades, a Integração e toda a simbologia que se carrega quando a gente fala de latinoamérica. É a ascensão do marginal. O desenvolvimento do sub-mundo. É a vez de apresentar caminhos que são nossos. “Aqui se respira luta”. “

Aproveitando que o texto sai agora no começo de setembro. Espalha pra geral que as inscrições estão abertas. Ajudem a difundir. Ajuda a fazer com que quem vocês querem ver se apresentar na convenção se inscreva em tempo ágil. Vamo que vamo.

Chama as(os) hermana(o)

Compartilhe e não deixe de se inscrever: Inscrição números e espetáculos

Curta nossa página do face e segue no insta pra saber de tudo antes @cbmcirco

19ª CBMC

colaboração: Artur Faleiros

WhatsApp Image 2018-09-03 at 22.31.55

WordPress.com.

Acima ↑

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora